Beber café pode reduzir o risco de câncer de próstata

Ele já faz parte da rotina das maioria dos brasileiros, e também é um importante aliado da saúde de muitos. Além de aumentar os níveis de disposição das pessoas que o consomem, o café também traz inúmeros benefícios para o nosso corpo. Um estudo italiano publicado na revista “International Journal of Cancer”, concluiu que o café pode representar uma arma na ajuda da prevenção do câncer de próstata.

De acordo com a pesquisa feita por especialistas do Instituto Neurologico Mediterraneo de Pozzilli (Irccs Neuromed) em colaboração com o Instituto Superior de Saúde e com o IDI (Istituto Dermopatico dellImmacolata de Roma), conduzida por George Pounis, do Neuromed, três xícaras da bebida por dia, principalmente se for preparada a la italiana, pode reduzir em mais de 50% o risco deste tipo de tumor.

Os pesquisadores italianos estudaram o consumo de café de cerca de 7 mil homens, analisando os costumes relativos ao consumo de café e os casos de câncer de próstata registrados na amostra. Já na segunda parte do estudo, os pesquisadores testaram as ações dos extratos de café com ou sem cafeína nas células de tumores em proveta. Os primeiros mostraram a capacidade de reduzir significantemente o crescimento das células cancerígenas e a capacidade de se formar uma metástase.

 A pesquisadora Licia Iacoviello disse que também é necessário levar em conta que a pesquisa se relaciona “com uma população que bebe o café rigorosamente a la italiana, ou seja, com alta pressão e com a temperatura da água muito elevada” e que “este método, diferente dos seguidos em outras áreas do mundo, pode determinar uma maior concentração de substâncias bioativas”.

 Vale lembrar que, em 1991, o café foi incluído em uma lista em que aparecia como “provável causador” de câncer de bexiga. Porém, após analisar cerca de 500 estudos publicados nos últimos 25 anos sobre a bebida, os especialistas afirmaram que não existe qualquer evidência da relação entre o câncer de bexiga – ou qualquer outro tipo de tumor – com o consumo de café. Na realidade, com essa revisão de estudos, os especialistas chegaram à conclusão que o café protege contra duas formas de tumores: aquele que atinge o fígado e outro que atinge o útero.

 Outro aspecto a ser considerado são os exercícios. Pesquisadores afirmam que atividades físicas adequadas permitem reduzir em 50% o risco de retorno do câncer de próstata. E no caso dos que sofrem com a doença, aqueles que praticam quantidades moderadas de exercícios vigorosos regularmente, diminuem o riscos da doença. Três horas ou mais por semana de prática vigorosa de ciclismo, tênis, corrida ou natação parecem melhorar o prognóstico entre tais pacientes. Até mesmo a atividade física moderada parece diminuir os riscos em geral de morte por qualquer causa.


Fonte:

Portal R7

http://www.abic.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=59&infoid=6376

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/07/exercicio-combate-cancer-de-mama-colorretal-e-prostata-diz-medico.html

http://saude.ig.com.br/bemestar/exercicios-vigorosos-sao-aliados-no-combate-ao-cancer-de-prostata/n1237929999586.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *